Coffee Lab

Coffee Lab3
Quando você entra no sobrado do Coffee Lab  cafeteria e escola de baristas na Fradique Coutinho 1340, Vila Madalena, encontra uma xícara de café e a cauda de uma raposa saindo dela ou seria a fumaça do café que estaria saindo da xícara? Perguntem à proprietária, a barista Isabela Raposeiras.
Bom, você entra no sobrado do Coffee Lab e pensa que pode encontrar mesinhas e alguém tirando café do outro lado do balcão. Aquela coisa tudo muito certinha! Já sabe que não vai ter luxo porque é na Vila Madalena, lugar descolado. Lá não tem casas de meio milhão de decoração pra cima.
Coffee Lab2
Qual não é o susto das pessoas que gostam das coisas facilmente compreensíveis, quando ao passarem pela porta vêem logo de cara uma torneira, o adesivo H2O e uma estante com copos – tudo para você se servir à vontade. No pé da escada uma luminária, que na verdade é uma lata de café e joga foco sobre um São Benedito e sua oferenda: uma xícara de café.
Coffee Lab4
O restante do cenário do Coffee Lab ? Tem cara de bastidores! Parece que você entrou na oficina do café, os atendentes estão inclusive vestidos de macacões. Há azulejos brancos com anotações, máquinas espalhadas, fios pendurados (para conectar notebooks, etc), tudo muito aparente, tudo muito incompreensível. Vi uma família que entrou, olhou e saiu dizendo que voltava outro dia. Vai voltar nunca! Eles só queriam não ser surpreendidos.
Coffee Lab5
Coffee Lab6
Mas eu gosto de experiências, gosto de fugir dessas xicrinhas de espresso queimado que dão azia e estão sendo servidas em larga escala por aí. Inclusive em redes de nome. E é aí que entra o lado Lab do Coffee.
Coffee Lab1
A experiência começa no Coffee Lab ! A Anette, minha atendente, apresenta o cardápio cheio de supresas cafeinadas. Curti, vontade de provar tudo, só que eu já não durmo, se fizesse isso ia ficar pilhado no 330 até a semana seguinte. Depois de ler, aliás o cardápio também é diferente, a Anette se coloca à minha disposição para explicar qualquer dúvida. Mais uma experiência, uma pessoa que te atende, conhece do que está falando e melhor ainda: está ali pra te ajudar e não para mostrar que conhece.
Coffee Lab7
Eu não escolhi nada, disse para a Anette me surpreender, deixei que ela escolhesse os cafés e resolvi provar o tal método Aeropress, à primeira vista uma âmpola gigante que só não assusta porque não tem agulha.
Lá vem ela com o primeiro café e a âmpola. Nesse método a pressão do ar é que empurra a água com o café, que vai sendo coado (no final da âmpola tem um pequeno coador de papel redondo).
Coffee Lab8
Delícia esse método! Parece que você consegue sentir melhor toda a riqueza de aromas e sabores de cada café.
Depois a Anette sugere mais outro e lá vamos nós.
Coffee Lab9
Foi uma experiência e tanto. Se vou voltar? Várias vezes e tenho certeza que serei surpreendido em cada uma delas.
Permita-se sair da zona de conforto!
IMG_6139-36
site do Coffee Lab

Alessander Guerra

4 Comentários

  1. >Alê, que super post, descreve muito bem o lugar e a alma de 'bastidores' dele. Eu adorei ser surpreendida! Queria fazer todos os rituais, no fim fiz só dois de medo de não dormir por 3 dias rsrs… A diferença do café coado no Aeropress e do espresso é incrível. Voltarei muitas vezes. Abraços,

Envie uma mensagem