Descritores Aromáticos do Vinho

Descritores Aromaticos do Vinho

Está aí uma dica superbacana que trouxe dessa minha viagem pelo Vale dos Vinhedos, essa tabela com Descritores Aromáticos do Vinho, desenvolvida pela Casa Valduga e revista Adega.

Como você pode ver, não há muito mistério, praticamente conhecemos desde a infância todos os aromas que estão em cada uma dessas taças: abacaxi, ameixa, amoras, aspargos, avelã, azeitonas, banana, baunilha, beterraba, café, canela, carvalho (muitas vezes a madeira do barril onde o vinho é envelhecido), cassis, castanhas, cerejas, chocolate, coco, cogumelo (aquele toque terroso), couro (aroma bem forte e marcante), damasco, defumado, ervas, especiarias, eucalipto, figos secos, folhas secas, flores brancas, framboesa, laranja, limão, maçã verde, mel, menta, minerais, morango, nozes, pão tostado, pimenta, pimentão, pimenta-do-reino, rosa, tabaco, trufas e violetas.   O que acontece é que com o tempo, não sei se por pressa ou vergonha, talvez, vamos deixando de lado um dos grandes prazeres dessa vida que é aproximar do nariz, inspirar fundo e sentir o aroma das coisas: frutas, verduras, legumes, castanhas, flores, folhas, especiarias, temperos, entre tantas outras coisas.

Agora você já sabe que aromas pode encontrar no precioso líquido de Baco. Gire a taça, inspire, mas nunca esqueça do principal: o prazer de beber e compartilhar.

Alessander Guerra

2 Comentários

Envie uma mensagem