Café Raiz

Vocação para o café é o que caracteriza o trabalho de Beatriz Cintra e José Olympio, casal à frente do Café Raiz. Explico, Beatriz vem de uma família de avós cafeicultores na região de Franca (Alta Mogiana), interior de São Paulo; hoje seu irmão mais velho, Sérgio, comanda cinco fazendas produtoras, também na mesma região (duas delas com o certificado Rainforest Alliance e uma inserida no programa Nespresso). As fazendas, além de fornecerem os grãos para o blend do Café Raiz, atendem grandes empresas de café sediadas na Europa. A história de  José Olympio não é diferente, ele também tem no histórico familiar, avós proprietários de cafezais na região da Alta Mogiana. Enfim, hoje o casal, além de comandar o Café Raiz Bar e Restaurante, também cuida da comercialização dos grãos da marca para diversos bares, restaurantes e cafeterias.

O blend Café Raiz é 100% arábica, suave, aromático, corpo e acidez equilibrados e boa doçura. Além das formas tradicionais de tiragem do café, o que inclui aí um bom coado em coador de pano levado à mesa; há no cardápio da casa, uma variedade interessante de cafés gelados como o Limoeiro (espresso gelado com suco de limão, sorvete de creme, leite condensado, calda de chocolate e gelo),

o Laranjeira (espresso gelado, sorvete de creme, leite condensado, suco de laranjas, calda caramelizada e chantilly) e o Amarena (espresso, sorvete de creme, amarena silvestre, leite e chantilly). E, ainda drinks de café como Jack Raiz (espresso, Jack Daniel´s, licores de café e pêssego) e o Raiz Conhaque (espresso, sorvete de creme, conhaque e calda de caramelo).

No campo das Comidinhas, Baguete com manteiga na chapa, Tostex diversos preparados com pão de miga, Sanduíches especiais como o Croque Monsieur; entre tantas outras opções de lanches. Aos domingos funciona também o café da manhã completo, em forma de bufê.

Falando mais um pouco em café, os clientes podem ainda levar pra casa, o blend Café Raiz, torra clara ou escura, em grãos ou moídos. Se der sorte, você pode chegar lá num dos dias em que o José Olympio está operando a torra dos grãos, é algo mais ilustrativo, porque a máquina produz apenas 1 kg de café por torra (os grãos já chegam torrados na casa), mas vale a experiência.

Deixando um pouco de lado a pegada cafeteria e entrando pela linha Bar e Restaurante, há no cardápio bebidas alcoólicas diversas; drinks; chope; cerveja; caipirinhas e Carta de Vinhos com mais de 60 rótulos entre brancos, espumantes, rosés, tintos e Porto –  de países como África do Sul, Argentina, Chile, Brasil, Portugal, Itália, Austrália, Espanha e França. Na parte dos Comes –no inverno tem um concorrido bufê de sopas todas as noites- e no menu que funciona durante o ano todo, pratos rápidos de massas, carnes, aves e peixes. Alguns preparados com café entre seus ingredientes, como é o caso do Mignon & Café com Pimenta (molho do Café Raiz e poivre vert, purê de mandioquinha e palmito).

E, depois que você provar o que bem entender desse extenso e variado cardápio #ficaadica: Não saia de lá sem pedir o bolo de cenoura coberto generosamente com chocolate! Depois não diga que eu não avisei!

Alessander Guerra

Envie uma mensagem