A Queijaria

Para quem ama queijos, como eu, A Queijaria é um paraíso! Pra começar, a casinha charmosa de esquina, no bairro da Vila Madalena, é revestida de plantas e tem grandes vitrines recheadas de queijos diversos. Depois, o aroma inebriante, assim que a porta é aberta, e os olhos dispersos que não sabem onde pousar, quando ela é fechada. São mais de 140 queijos de 45 produtores de 9 Estados e a conta continua subindo desde a abertura da A Queijaria no início de 2013. Essa é a grande missão de Fernando Oliveira, empreendedor que viaja pelo Brasil descobrindo queijos de qualidade com produção artesanal.

queijos com leite de vaca, cabra, búfala e, em breve, deverá ter de ovelha; fresco, meia cura, curado e extra curado conforme vai informar o rótulo que acompanhará o seu queijo. Minas Gerais, certamente, é o Estado com mais produtores artesanais de queijos presentes na A Queijaria, há produtores da Canastra, Salitre, Araxá, Catuá, Itamonte, Campo Redondo, pra citar alguns. O interior de São Paulo também abriga preciosidades como os queijos: Tropeiro, Tropeirinho, Carijó, Simental, Ganizé, Giramundo, Bandeirante, por aí afora.

Em Santa Catarina são produzidos queijos equivalentes aos franceses, mas com características e nomes bem particulares: Manezinho (Reblochon), Ribeirão Grande (Gruyère), Pedra Branca (Brie), citando alguns. Há ainda Requeijão, Coalho e Recife Antigo de Pernambuco e também os famosos queijos de cabra da Paraíba. Sem contar o Serrano do Rio Grande do Sul e o queijo de Marajó. Enfim, com mais de 140 queijos, só provando para escolher quais você desejará levar pra casa. Alguns são vendidos por peça e aí é possível comprar inteiro, metade ou 1/4 e outros são vendidos por peso.

Mas nem só de queijos é feita A Queijaria , é possível encontrar por lá outros produtos, sempre com produção artesanal, como: mel silvestre, embutidos, goiabada, pães, sucos, massas, vinhos e, cada dia, tem mais opções. 

Alessander Guerra

Um Comentário

Envie uma mensagem