Queijos e Vinhos – dicas de harmonização

Queijos e Vinhos

Hoje, é dia de pegar algumas dicas sobre Como Harmonizar Queijos e Vinhos.

Para começo de conversa, cabe lembrar que quando falamos em harmonização, a primeira regra, a que vai valer sempre, é saber qual o vinho que você prefere beber, quais as uvas que mais lhe agradam (cabernet sauvignon, malbec, merlot, shiraz, pinot noir, chardonnay, etc, etc, etc), se prefere vinhos mais leves ou encorpados, frutados ou amadeirados; enfim, estamos nessa vida pra provar de tudo um pouco e descobrir o que mais nos agrada ao paladar.

Tudo isso pra dizer que, afinal de contas, de nada adianta harmonizar qualquer prato com um vinho que você não gosta de beber. A parte maior da diversão é o prazer de degustar e compartilhar momentos felizes com pessoas queridas.

Depois dessa breve introdução,  como sempre digo é muito bom variar e testar novos sabores, por isso fica a proposta da  sommelière Jô Barros do Sonoma para Harmonizar Queijos e Vinhos. Vamos falar aqui sobre os queijos  frescos, de pasta mole, de pasta dura, de longa maturação e queijos azuis.

Se você gosta de conhecer um pouco de harmonização entre pratos e vinhos. Leia também essa curiosa matéria com sugestões da sommelière sobre Como Harmonizar Vinhos com Pratos Diferentes Comida Japonesa,  Hambúrguer, Feijoada,  Salada ou Chocolate.

Mas vamos as dicas de harmonização de Queijos e Vinhos, com a palavra Jô Barros:

Queijos: De uma maneira geral, gosto muito de harmonizar queijos com vinho branco, segue abaixo algumas dicas:

Para queijos frescos/pasta mole (Ex.: minas frescal, ricota, cottage, muçarela, muçarela de búfala) – Vinhos brancos de corpo médio e levemente aromático tais como das uvas: verdichhio, chardonnay, chenin blanc, muscadet (melon de Bourgogne).

Para queijos de pasta dura/maturação longa (Ex.: Provolone, Parmegiano, Pecorino, Manchego) – Vinhos tintos de corpo médio, das uvas: Nebbiolo, Tempranillo, Merlot, Cabernet Sauvignon

Para queijos azuis (Ex.: gorgonzola, roquefort, saint agur) – Vinhos brancos aromáticos das uvas riesling ou gewurztraminer, ou se preferir pode ser harmonizado perfeitamente com Recioto ou um Porto LBV.

Ou seja, pelas dica da Jô, você pode servir um queijo azul de sobremesa com um vinho do Porto, por exemplo. Algo bem diferente para o final da refeição.

 

Alessander Guerra

Um Comentário

Envie uma mensagem