Picanha Recheada

Essa picanha recheada foi assada por um amigo argentino que mora em Porto Alegre (RS) e gosta de comprar carnes provenientes do Uruguai.

Picanha Recheada _foto Cuecas na Cozinha

Trocando em miúdos, o churrasco tem tudo para ficar bom. Bom é pouco, para essa picanha recheada que o Carlos preparou numa das vezes em que estive na casa dele e da Dani em POA.

Tudo começa, certamente na escolha da carne. Saber como escolher uma boa picanha é fundamental para o início do sucesso do seu preparo.

Pra começar, a peça de picanha pesa em torno de 1 kg, se for uma peça maior que isso vai ter coxão duro junto e aí, já sabe, estará pagando o preço mais alto de uma para levar a outra.

A picanha precisa estar com boa coloração vermelha e camada de gordura uniforme.

Mas, ao invés de ficar falando e falando sobre o assunto, resolvi deixar com um saudoso mestre, que fez esse vídeo muito informativo.

Saiba como escolher uma boa picanha nesse vídeo com Marcos Bassi.

Picanha Recheada _foto Cuecas na Cozinha

Picanha Recheada

Refogado

Numa panela, refogar uma linguiça calabresa fatiada, meia cebola e 3 dentes de alho. Temperar com orégano e manjerona ou com outros temperos que desejar.

Se quiser incrementar seu recheio com outros ingredientes, fique à vontade!

Abrindo a picanha

Abra a peça de picanha igual uma bolsa, dá para enfiar a mão dentro.

A peça estará presa nas pontas, mas com um buraco para que possa rechear.

Simples assim! Enfie uma faca afiada e comprida no meio da picanha e vá cortando até uma das laterais, deixe uma parede de dois dedos.

Depois volte a faca para o centro da picanha e corte para o outro lado, também deixando uns dois dedos.

Pronto o buraco está feito, agora é só rechear.

Cuidado pra não furar o outro lado da peça, lembre que bolsa tem fundo!

Recheando a picanha

Hora de fazer a Picanha Recheada – vai intercalando : refogado da linguiça

+ rodelas grossas (1 dedo) de provolone  (escolha aquele pequeno que vem em pacote e a gente compra a peça inteira – vai usar um pacote)

+ refogado

+ rodelas de provolone – recheie até deixar espaço suficiente para fechar a carne com palitos de dente ou costurar com fio de cozinha.

Hora de assar
Levar pra churrasqueira com sal grosso só do lado da carne e não da gordura.

Colocar a capa de gordura pra cima pra derreter um pouco e hidratar a carne – fogo de churrasco forte – sem labaredas pegando na carne

– 30 minutos de cada lado com a grelha na parte mais alta.

Depois baixe a grelha – 20 minutos de cada lado para dourar.

O ponto, segundo o Carlos – onde você fechou a carne o queijo vai começar a sair derretido, quer dizer que cozinhou por dentro.

Alessander Guerra

5 Comentários

Envie uma mensagem