Sainte Marie Gastronomia

É preciso entender o espírito dessa casa simples, porém deliciosa, que fica na região do Morumbi. O Sainte Marie Gastronomia, rotisserie e restaurante, é a fofolândia do rei do mercizão, o carismático chef Stephan Kawijian. Deu pra entender? Não? Então vamos lá!

No menu do Sainte Marie Gastronomia, que contempla especialidades do mundo árabe, o capítulo das esfihas começa assim: “O que achamos que fica fofinho no forno à lenha”. E não é que as massas ficam fofinhas mesmo! Massa deliciosa e coberturas sempre bem temperadas, como a Basturma (carne desidratada envolta com páprica doce e especiarias, tradicional da cozinha armênia), a de Cordeiro (carne macia, rica em sabores, com toque de pistache) ou a de Zaatar (mistura de especiarias típica do Oriente Médio). Igualmente deliciosas são as esfihas de Coalhada; aliás a coalhada (Labna), de sabor suave, é pedida obrigatória; e a esfiha de Cebola caramelizada. Boas opções é que não faltam e, além do que está no cardápio, normalmente, há as esfihas do dia.

Outra dica imperdível é a Mtabaleh (foto de abertura- berinjela defumada, cebolinha, limão e essência de romã) para pesticar, acompanhada de pão sírio. Daqueles pratos de sabor intenso, que você nunca mais vai esquecer na vida!

No capítulo das carnes, o cardápio do Sainte Marie Gastronomia abre com a citação “Comidinhas que estamos tentando afofar ainda mais o ponto”, encontramos Kibes, Tartar, Kafta, Michui, Shawarma; seguindo pelos Grelhados, Assados e Linguiças (“Oi nós somos os fofos linguiças, fabricados toda quarta-feira e sem toucinho. Avise-nos, por favor se quiser no tamanho fofinho ou fofão, mercizão”).

O Tartar em forma de kibe, tem carne, fresca e de qualidade, devidamente “afofada na faca” e temperada com picles, catchup e mostarda Dijon; para completar fritas. O Kibe Montado é outro prato, que enche as vistas e a boca de água, uma invasão de texturas e sabores. Intercala, kibe cru, carne refogada,tabule sem trigo, coalhada seca e cebola caramelizada.

Há ainda, uma sessão de peixes com pratos como a “Fofoella –  típico do outro lado do mar da Benuinolândia e lá ela se chama paella”. E, outros pratos tradicionais como Moussaka (lasanha de berinjela com carne moída tradicional grega) e  Couscous Marroquino; enfim, muita coisa pra dar vontade de voltar sempre.

De sobremesa Bassboussa (bolo de semolina que eu gosto pacas!) e essa mousse emocional (você vai se emocionar!) de chocolate.

Várias opções do cardápio também podem ser compradas na rotisserie do Sainte Marie Gastronomia  para levar pra casa.

Comecei a matéria falando da importância de entender o espírito da casa, para aproveitar seus sabores ao máximo. Então, se você é um estressado com atendimento, não vá, porque as coisas por lá andam ao seu tempo. Mas se você se concentrar na simpatia do chef, que passa o tempo todo pelas mesas, e nos sabores de uma comida que nunca comerá igual em outro lugar – Vale muito a visita! A dica é chegar cedo, estar entre amigos e partilhar cada prato com um bom bate-papo, foi o que fizemos!

O final do menu resume bem o que eu disse:

Sainte Marie Gastronomia

Rua Dom João Batista Costa, 70 – Jardim Taboão

fone: 11 3501-7552 (esse é um restaurante familiar, então ligue antes de sair de casa para checar horários – basicamente só abre para almoço) segunda a sexta: 12h às 19h. sábado: 12h às 17h30. domingo: fechado

Postagens Relacionadas

Alessander Guerra

Envie uma mensagem