Crostini Especial

Antes de falarmos desse crostini especial, vale entender a diferença entre crostini e bruschetta.

No livroA Itália de Jamie“, o chef inglês Jamie Oliver, que escreveu o livro numa viagem pela Itália, tira a dúvida. Ele pensava que crostini fosse uma bruschetta pequena. Mas descobriu que crostini é feito com pão branco tostado (tipo ciabatta, por exemplo), enquanto que a bruschetta é feita com o pão italiano de fermentação natural.

Segundo o Pequeno Dicionário de Gastronomia de Maria Lúcia GomensoroBruschetta vem de bruscare, que significa “assar sobre carvão”. Ou seja, na origem italiana, além de se utilizar de seu pão típico de fermentação natural, ainda teria de ser feito sobre grelha. O Crostini pode ser feito no forno mesmo.

O nosso crostini especial é muito simples de fazer, basicamente leva: pão (baguete, ciabatta ou outro de sua preferência – o ideal é que não tenha miolo muito mole), abobrinha (crua, cortada em rodelas de espessura fina), pimenta do reino (opcional),  queijo mussarela, creme balsâmico (é uma redução do aceto balsâmico – mais encorpado e menos ácido – você compra pronto em bons mercados – existem nacionais e importados) e mel.

Montagem: Só pegar cada fatia de pão, sobrepor uma rodela de abobrinha, temperar com a pimenta do reino, cobrir com queijo e regar com creme balsâmico e um pingo de mel.

Deixar o forno pré-aquecer a 200 graus por, pelo menos, 5 minutos. Depois levar os pães para torrar, cerca de 8 minutos, mas fica de olho!

Caso você não encontre o creme balsâmico e tenha em casa o aceto balsâmico, é só levar numa panela pra reduzir em fogo baixo por 10 minutos, misturado com o mel.

Se não tiver nenhum dos dois – pode regar com azeite e dar seu toque de mel. Crostini é daqueles preparos que permitem tudo sobre o pão, portanto, crie com o que tiver em casa. Tenho certeza que fará um crostini especial à sua moda.

 

 

 

Alessander Guerra

Envie uma mensagem