Hambúrguer Especial

Hamburguer Especial_foto Cuecas na Cozinha

Essa receita de hambúrguer especial, eu faço sempre em casa. Uma mistura interessante e saborosa da carne com o queijo de cabra e o molho pesto.

Basicamente, para montar esse hambúrguer especial, além de comprar o pão redondo próprio para o lanche -que pode ser encontrado na sua padaria favorita ou mercados, você vai precisar de um disco de hambúrguer caseiro (veja essa receita fácil de hambúrguer, já publicada aqui no nosso site de gastronomia), adicionado de generosa camada de queijo de cabra do tipo Boursin ou outro fresco de consistência cremosa ou pastosa ( disponível nos refrigeradores de queijos de bons mercados, ou então, em mercearias especializadas como Mestre Queijeiro e A Queijaria, ou ainda, no site de alguns produtores como Capril do Bosque e Serra das Antas )  e de molho pesto – que pode ser comprado em restaurantes, rotisserias, mercearias, etc, ou feito em casa (veja receita abaixo).

Como você verá na receita fácil de hambúrguer, não há mistérios para produzí-lo em sua cozinha, porque leva, basicamente, carne moída; então minha dica é que se arrisque, comece a testar e descubra seu modo preferido de fazer. O que não impede, certamente, que você tenha curiosidade em provar os hambúrgueres de várias marcas bacanas do mercado – Bassi, Wessel, Feed – para citar alguns entre tantos outros açougues diferentes, que utilizam os mais variados blends de carnes, para prepararem suas receitas especiais. Hoje existe inclusive, empresas como Debetti, que produzem suas receitas utilizando o sistema Dry Aged (carnes envelhecidas à seco), muito famosas nas steakhouses e restaurantes americanos, por suas características de maciez e sabor acentuado pela maturação.

Enfim, monte esse seu hambúrguer especial da forma que  achar mais convenientes, o que importa aqui é a dica dessa mistura de ingredientes e sabores.

 

Molho Pesto

Você vai precisar de:

 1 xícara de manjericão fresco

+ 200 ml de azeite extravirgem

+ 50g de nozes (ou outras castanhas, ou pinoli – que embora esteja na receita original é bastante caro no Brasil)

+ 3 colheres de sopa bem cheias de parmesão ralado

+ 1 ou 2 dentes de alho (você decide)

Vai bater tudo no processador ou liquidificador, provar, corrigir o sal e temperar com pimenta do reino. Aproveita esse momento da prova, para ver se gostaria de acrescentar um pouco mais de nozes ou parmesão. Isso varia de acordo com o paladar de cada um.

O ideal é servir o molho pesto fresco mas, se sobrar pode guardar na geladeira por uma semana ou congelar por um mês.

Esse molho também fica perfeito misturado a uma boa massa.

Alessander Guerra

Envie uma mensagem