Restaurante Donna Pinha

Restaurante Donna Pinha

Ela tem a preocupação de oferecer aos clientes ingredientes frescos, dentro da temporada e aos fornecedores (pequenos produtores da região) a oportunidade de cultivarem e comercializarem seus produtos a preços mais justos. Uma convesa com a chef Anouk Vasconcelos Rosa do restaurante Donna Pinha em Santo Antonio do Pinhal, é bastante esclarecedora sobre a dimensão do trabalho de um chef de cozinha e dono de restaurante, especialmente em cidades pequenas que vivem do turismo.

Restaurante Donna Pinha_casquinha de truta_foto Cuecas na Cozinha

Imperdível Casquinha de Truta Defumada

Entre as decisões acertadas, no tênue equilíbrio dos cargos chef/proprietário, Anouk juntou no final de 2015 seus dois restaurantes num só lugar, mesclando o cardápio de ambos e assumindo o nome de um deles. Em Santo Antonio do Pinhal, próximo a Campos do Jordão, a chef comandava o Santa Truta (especializado no pescado e bastante conhecido na cidade) e também o restaurante Donna Pinha, onde podia exercer de forma mais livre -independente do peixe bem característico da região- sua culinária inspirada em ingredientes locais de pequenos produtores (o restaurante é associado ao Slow Food Brasil – Convivium Mantiqueira). O nome restaurante Donna Pinha , por ser menos específico, foi o que prevaleceu na fusão.

Restaurante Donna Pinha_truta salmonada_foto Cuecas na Cozinha

Salmão de truta ao molho Santa Truta

Agora é possível provar as famosas trutas sempre acompanhadas de arroz branco e pirão – são mais de 15 opções no cardápio, incluindo pratos com o peixe defumado e também salmonado (com características de cor, textura e sabor parecidos com o do salmão)- além das entradas, saladas, massas, risotos, carnes, aves e sobremesas; onde a chef Anouk sempre aproveita ingredientes  da temporada como: cogumelos, frutas vermelhas, alcachofras, pinhões, para fazer novas receitas. Outra pedida muito procurada por lá, especialmente nas noites mais frias, são os fondues da casa, servidos à la carte ou em sequência. Há também menu infantil e menu de almoço com pratos especiais como a Moquequinha de truta (serve 2 pessoas – preparada com azeite de dendê e leite de coco, acompanha pirão, farofa e arroz branco).

Restaurante Donna Pinha_Truta defumada_foto Cuecas na Cozinha

Truta defumada ao Brie

Abrindo o menu à la carte do  restaurante Donna Pinha, o couvert Sabores da Montanha – totalmente produzido na casa, inclusive o pão, vem com um mix de antepastos elaborados com ingredientes de produtores locais. Inclui patê de tomate seco, alho, queijo de cabra, antepasto de shimeji, azeitonas e pão (foto de abertura da matéria).Donna Pinha_fondue de queijo

Fondue de queijo – foto Luna Garcia

Imperdível para a entrada é pedir as crocantes Casquinha de Truta Defumada e Casquinha de Cogumelos (recém colhidos na região, bem frescos e saborosos). Entre os principais, as trutas são o grande destaque, como a Truta defumada ao Brie (gratinada com Brie, nozes e mel, acompanha mix de legumes) e o Salmão de truta ao molho Santa Truta  (catupiry, champignon, camarão e alcaparras ). No capítulo das carnes, Medalhão da montanha (grelhado, molho cremoso com xerém de castanhas e requeijão gratinado com parmesão. Acompanha arroz piamontese). Para quem deseja algo mais exótico, o menu oferece Avestruz ao parfum de framboesa (grelhado, flambado, com molho de amora acompanha maçã). Entre as sobremesas, uma que é bastante procurada na temporada do pinhão é a Torta de Whisky com Pinhões.

Aproveitando a matéria sobre o restaurante, pedi para a chef Anouk fazer a gentileza de nos fornecer sua receita.

Torta de Whisky com Pinhões – foto Luna Garcia

Torta de Whisky com Pinhões

rendimento: 8 a 10 tortinhas como a da foto

INGREDIENTES

Massa

150 g de manteiga

200 g de farinha de trigo branca

100 g de farinha de amêndoas

02 ovos

 

Recheio

150 g de nozes

150 g de amêndoas

100 g de pinhões cozidos

50 g glucose de milho

 

Finalização

1/2 dose de whisky

100 g de açúcar para calda de caramelo

 

MODO DE PREPARO

Massa

Misture todos os ingredientes e coloque na geladeira por alguns minutos, só para a massa ficar firme e facilitar a manipulação.

Recheio

Misture as nozes, as amêndoas, os pinhões, a glucose de milho e reserve.

Em uma forma grande ou várias pequenas, monte a massa na espessura de 0,5 cm e asse em forno a 180 °C por 10 minutos.

Coloque o recheio reservado e volte ao forno por mais 10 minutos, na mesma temperatura.

Finalização

Leve o açúcar ao fogo para fazer a calda de caramelo, depois acrescente o whisky e misture bem

Retire a torta (ou as tortinhas) do forno e coloque a calda de caramelo com whisky por cima.

Leve à geladeira até esfriar.

A torta dura em média 15 dias quando bem armazenada.

 

Restaurante Donna Pinha

Av. Antônio Joaquim de Oliveira, 647 – Centro

Santo Antônio do Pinhal – SP

(12) 3666 2669

Alessander Guerra

Envie uma mensagem