Taverna Medieval

Antes de mais nada, preciso dizer que a Taverna Medieval é bom entretenimento, que vale a visita.

Taverna Medieval

É fã de RPG? Gosta de Senhor dos Anéis, Game of Thrones, Vikings, Rei Arthur, espadas, escudos, elmos e armaduras?

Tem curiosidade sobre esse universo dotado de cavaleiros, milords, miladies e seres mitológicos, como os elfos?

Então, vai gostar da Taverna Medieval!

O espaço, misto de bar, hamburgueria, jogos e ponto de encontro para os apaixonados pelo tema, não tem a pretensão de ser uma réplica de um estabelecimento de época.

O objetivo é apenas trazer um pouco daquele universo para os clientes que frequentam a casa.

Taverna Medieval

Tudo começou há alguns anos quando o casal Ellen Lepiani e Nelson Ferreira viajou mochilando pela Europa e se apaixonou especialmente pela Escócia.

País que guarda muitas memórias dos tempos medievais.

Nelson é também um apaixonado por RPG.

De lá prá cá os dois vieram desenhando seu plano de negócios até chegar no formato da Taverna Medieval.

Taverna Medieval – Decoração

Logo na entrada da casa, você vai encontrar, por enquanto às 6as, sábados e domingos (estão estudando para deixar todos os dias) um espaço para Arco e Flecha (a ficha de R$15 dá direito a 9 flechas). Obs: se liga no vídeo que eu acertei no alvo!

Depois se depara, ainda antes de entrar no salão, com uma réplica da Espada na Pedra (foto de abertura da matéria), aquela que o Arthur arrancou para ser rei.

Falando no Rei Arthur, no salão do restaurante tem uma távola redonda e uma réplica da Excalibur.

Espada que foi dada a ele pela Dama do Lago, logo após seu reino começar, para proteger a Grã-Bretanha.

Taverna Medieval

Na entrada do restaurante você será recebido com um Milord ou Milady, por atendentes trajados de frade, arqueiro, guerreiro, lorde, bobo da corte, camponesa, cigana, elfa, etc.

Eles estão treinados para te explicar os pratos e seu índice de medievalidade.

Falar dos drinks, do hidromel e das poções que saem do bar.

E, ainda te contar curiosidades sobre as peças exibidas no local.

Taverna Medieval

Conversando com o Nelson, ele me contou que a parte de baixo do restaurante tem o objetivo de representar os tempos medievais históricos, mesmo que em algum momento lenda e história se misturem.

Já parte de cima é dedicada a Idade Média fantasiosa.

Em ambos os casos, cada vez mais os clientes encontrarão novidades.

Objetos adquiridos pelos proprietários ao longo do tempo.

Taverna Medieval

No térreo o ponto alto é a mesa drakkar –  barco viking com escudos nas laterais e uma carranca na ponta.

Peça que foi esculpida em madeira tendo como modelo um exemplar original que está exposto no museu de Oslo (Noruega).

Há também uma caprichada armadura completa, convidando para uma selfie.

Além de gaita de fole, elmos, coletes, brasões e outros objetos medievais bem bacanas pendurados pelas paredes.

Idade Média – fantasia

No primeiro andar do restaurante a ficção medieval toma conta do ambiente.

Há dragões, Game of Trones, Senhor dos Anéis…

Pelas paredes réplicas de espadas e escudos de personagens fictícios.

Do Senhor dos Anéis tem a espada Anduril que pertence ao Aragorn e a Ferroada do personagem Frodo (fotos abaixo).Taverna Medieval

De Game of Thrones as espadas Garralonga do Jon Snow (foto abaixo) e Gelo do Ned Stark.

Já do Universo The Legend of Zelda, a Master Sword do personagem Link.

O melhor de tudo isso é que dá pra pegar todos os objetos e tirar fotos!

É decoração interativa!

Dá até pra misturar geral colocando um elmo viking pra simular uma luta de espadas entre o Aragorn e o Jon Snow!

Entrando ainda mais no clima, aos sábados a Taverna Medieval oferece música medieval ao vivo. Nos outros dias, o som é ambiente.

E, se clientes vierem trajados com roupa típica medieval, a casa oferece 5% de desconto na conta.

Taverna Medieval

Taverna Medieval – Jogos

As 3as e 4as feiras a Taverna Medieval fechou uma parceria com os profissionais da Roleplayers para promover na casa jogos de RPG e de tabuleiro com temática medieval.

Entre os games Dungeons & Dragons 5E e The Temple of Elemental Evil, o boardgame oficial do D&D 5E.

Funciona assim, pelo preço de R$39 qualquer um pode se inscrever para o jogo e tem direito a um hambúrguer Vegano, Berserker (de pernil suíno) ou Eggdrasil (bovino).

A equipe da Roleplayers utiliza narradores profissionais para as histórias e a diversão acontece das 20h às 23h.

Mais informações acesse o site Roleplayers .

Taverna Medieval

Taverna Medieval – Bebidas

Direto do RPG, o dado de 20 lados foi parar num desafio na carta de drinks da casa.

Claro, você pode escolher as bebidas numeradas de 2 a 19 e pagar o valor correspondente a cada uma delas.

Alguns exemplos:

10 Segredo do Druida – Hidromel, uísque e xarope de alecrim. R$19

13 Caipirinha de Hidromel- Caipirinha de hidromel Dwarfic (seco), fruta e açúcar. R$19

14 Poção do Amor – Hidromel, morango, limão siciliano e espumante R$20,00

16 Poção de Mana – Cachaça aromatizada na casa com maracujá e camomila, suco de dois limões e água com gás. R$20

Taverna Medieval

Mas também pode brincar com a sorte, rolar o dado e pagar somente R$15,00.

Só que nesse caso o número que der no dado, será o do seu drink.

E assim, como no RPG, se você tirar o número 1 cometerá um “Erro Crítico” –  a escolha não é mais sua, ficará a cargo do bartender (alquimista).

Já se tirar 20, terá um “Acerto Crítico” – joga o dado novamente e a bebida que sair você ganha em dobro!

Um dos ingredientes mais presentes na carta de drinks da Taverna Medieval é o hidromel – bebida fermentada de mel, bastante consumida na Idade Média.

São dois os fornecedores de hidromel da casa: Bee Gold e Oldpony.

Outra proposta interessante são as poções. Isso mesmo que você leu!

Tipo aquelas cheias de feitiço, servidas para serem bebidas em balões de ensaio (veja foto acima).

Devo avisar que os drinks tem uma tendência a serem doces, pouco equilibrados e complexos na composição.

Taverna Medieval

Há também chopp da cervejaria Burgman (American Lager – R$21 e  IPA – R$26) – servidos em canecas de pedra de 700 ml.

Taverna Medieval – Comidas

O cardápio é bem lúdico e divertido de ler.

Escrito em três línguas: português, inglês e rúnico (na verdade, uma brincadeira com ideogramas da cultura viking).

Cada prato tem sua espadinha que denota o grau de medievalidade na escala 1 a 5.

Possui sugestões de harmonização com bebidas (cerveja, vinho ou hidromel).

E indica quais pratos tem opções veganas ou vegetarianas.

Detalhe: tudo é servido em pratos de pedra.

Taverna Medieval

A saborosa Tábua de Salmão de Camelot (R$45) – Gravlax (salmão curado) e salmão defumado cortados em finas fatias, com molho de dill e pães.

Tem as 5 espadinhas do grau máximo de medievalidade. Afinal o salmão e essa técnica de cura são característicos da época.

Harmonização sugerida com vinho ou hidromel.

Taverna Medieval

O inusitado Bárbaro (a foto não tá boa porque estava escuro, mas valeu a brincadeira de fotografá-lo com a armadura)

– Hambúrguer de javali (180g), queijo caciocavallo, rúcula e relish de pimentão vermelho defumado no pão tradicional. R$37

Tem 4 espadinhas do índice de medievalidade, graças à carne de javali.

Harmonização sugerida com chopp e hidromel.

Por aí segue o cardápio que tem ainda duas boas sugestões de entrada:

Applebacon – porção de Maçã, Bacon e Cebola refogados – (R$ 32)

Azeitonas Empanadas de Sherwood: azeitonas verdes, recheadas com patê de carnes e empanadas, servidas com uma porção da maionese da casa (R$ 15).

Taverna Medieval

Entre os burgers:

Elfo da Floresta – Hambúrguer de arroz vermelho e lentilha (160g), rúcula, tomate e tofu empanado no pão vegano. Acompanha maionese vegana de alho. R$28

Berserker – Hambúrguer de pernil com bacon (180g), chucrute e maionese da casa no pão tradicional. R$29

Cavaleiro Negro – Hambúrguer bovino (180g), cheddar, bacon e cebolas caramelizadas no pão australiano. R$27

Taverna Medieval

Para a sobremesa uma receita inspirada na Escócia.

Nessie – Deep Fried Mars – Receita escocesa de chocolate Snikers empanado em massa de cerveja e frito. R$11

Taverna Medieval – site

Rua Gandavo, 456 – Vila Mariana

fotos Marcos Mesquita (profissionais), Nelson e minhas.

Alessander Guerra

Envie uma mensagem