Cór

O Cór é daqueles restaurantes que conectam perfeitamente tradição com modernidade.

Cor

Sua cozinha é movida à lenha, uma grande churrasqueira, destaca-se no belo salão de arquitetura industrial.

Permitindo o exercício do domínio do fogo pela chef Thais Alves e o subchef Jeovane Godoy.

Mas não façam logo essa associação de churrasqueira com churrasco, porque seria uma visão muito simplista do que acontece por lá.

Os pratos do menu podem passar pela grelha, chapa ou forno, explorando as possibilidades de cozinhar à lenha.

Carnes, peixes, frutos do mar, legumes e até a manteiga do couvert; aproveitam-se do crepitar da madeira para ganhar seu toque defumado.

Cor

Localizado numa bela casa no Alto de Pinheiros, o Cór (coração em latim) surgiu de uma parceria que lhe trouxe os ares de modernidade.

O  peruano Renzo Garibaldi, chef açougueiro do premiado Osso Carnicería & Salumeria de Lima (Peru) foi convidado pelo empresário Alexandre Mora para dar consultoria ao restaurante.

Assim, seu trabalho com carnes maturadas à seco em refrigerador com temperatura controlada, as dry-aged tão faladas nos dias de hoje, fazem parte do cardápio.

Dominar o fogo foi e sempre será um grande desafio que acompanha a humanidade.

Cor

Cór – entradas

Para começar sua refeição no Cór você pode aceitar o couvert, servido numa charmosa casinha de cerâmica.

Os pães de fermentação natural são fornecidos pela padeira Izabela Tavares e chegam quentes à mesa.

Acompanhados de manteiga cremosa defumada no forno à lenha, tartar de tomate, flor de sal e azeite (R$13 por pessoa).

Também pode escolher entradas bem interessantes:

Bolinhos de Tapioca com queijo acompanhados de ketchup de banana picante (R$22).

Gostosamente crocantes e com queijo bem puxa em seu interior.

Cor

“Osso de Pupunha” com Cogumelos, missô e saladinha (R$25).

O palmito pupunha aberto e assado lembra mesmo um osso.

Coberto pelos cogumelos o prato cria a ilusão do conhecido osso com tutano.

Outra pedida é o aconchegante Creme de couve flor com ovo mole e bacon (R$22).

Pra quem gosta de polvo, a dica é o tenro tentáculo preparado na brasa coberto com chimichurri e pasta de pimentão.

Uma refrescante salada de erva doce com maçã acompanha (R$39).

Cor

Ceviche quente com crocante de alho-poró e cebola é uma criação interessante do chef Renzo Garibaldi.

Os cubos de peixe (do dia) cru são cobertos por leche de tigre cremoso e quente R$29 (foto abaixo).

Cor

Cór – principais

As estrelas do Cór nos pratos principais são as dry-aged.

As carnes maturadas, sem embalagens, em refrigeradores com baixas temperaturas controladas, sofrem uma reação enzimática que amacia suas fibras.

Elas perdem água e volume, mas ganham em maciez e concentração de sabor.

Entre os cortes: New York Strip, T-Bone e Prime Rib

Cor

Maturados:

de 14 a 30 dias – R$ 20 por 100g (mínimo de 500g)

de 40 a 60 dias – R$ 30 por 100g (mínimo de 500g)

Acima de 70 dias, para consumí-los é preciso fazer reserva e o preço pode ser consultado na hora.

Mas há também no cardápio do Cór carnes que não sofrem esse processo de maturação mais longo.

Asado de Tira, Fraldinha e Chorizo – todos os cortes R$55

Cor

Nos dois casos há acompanhamentos com preços entre R$12 e R$15 como:

Purê do dia, Farofa de Bacon com Cebola, Legumes Grelhados, Batata Frita e um inusitado e interessante:

Repolho na brasa com pasta de Castanha do Pará e Molho de Ostras (foto acima).

Vale destacar que todos os vegetais no Cór são muito bem tratados e saem crocantes da grelha.

E quem não estiver a  fim de carne?

Cor

Pode escolher, entre outras opções:

Nhoque de Abóbora com Ricota, Manjericão e Castanha do Pará (R$53),

Peixe cozido na folha de bananeira com Patacones (discos de banana da terra), molho de leite de coco e salada de Feijão de corda (R$69) – foto acima,

ou Arroz espanhol com vegetais e molho Romesco (R$55).

Cor

Cór – sobremesas

No capítulo das sobremesas, uma boa dica é a simples e saborosa Tarta de Queso, receita tradicional do País Basco que combina queijo com especiarias (R$19).

O refrescante Creme de erva mate, cereais, sorbet de limão e hortelã crocante (R$25)

A inusitada Beterraba´s – sagu, raspadinha, crocantes – tudo beterraba + espuma de iogurte da casa (R$23)

Cor

Cór – Carta de Vinhos

A moderna adega do Cór integra a decoração do salão, permitindo o olhar atento dos clientes.

Observei durante a minha visita que todas as mesas estavam com uma garrafa, bom sinal!

Por lá os vinhos são levados à sério.

São cerca de 200 rótulos entre espumantes, brancos, verdes, rosés, tintos e de sobremesa.

Variados países, tipos de uva, qualidades e preços para todos os bolsos.

Há meias garrafas de brancos e tintos e 6 opções de vinhos em taça: 2 brancos e 4 tintos – todas a R$29

Pra você ter uma ideia, separei alguns vinhos de nacionalidades e tipos de uva diferentes.

Destacando os mais baratos, mais caros e preços intermediários.

Cor

Espumantes :

São cerca de 14 rótulos.

+ Barato: HERMANN BOSSA BRUT ⚫ VINÍCOLA HERMANN ⚫ BENTO GONÇALVES ⚫ BRASIL R$ 71

+ Caro: DOM PÉRIGNON – CHAMPAGNE – FRANÇA R$ 990

Intermediários: FREIXENET ⚫ CORDON NEGRO ⚫ FREIXENET ⚫ ESPANHA R$111

PROSECCO ASTORIA CORDERÍE ⚫ VALDOBBIADENE SUPERIORE ⚫ VENETO ⚫ ITÁLIA R$ 125

VEUVE CLICQUOT BRUT – CHAMPAGNE – FRANÇA R$360

Vinhos Branco

Há 40 da França, Itália, Espanha, Portugal, Argentina, Chile, Brasil e África do Sul

+ Baratos: UNDURRAGA CHARDONNAY ⚫ 2016 ⚫ UNDURRAGA ⚫ VALE DO MAIPO – CHILE R$69

LOS CARDOS SAUVIGNON BLANC ⚫ 2016 ⚫ DOÑA PAULA ⚫ MENDOZA – ARGENTINA R$76

FLOR DE CRASTO ⚫ 2015 ⚫ QUINTA DO CRASTO ⚫ DOURO – PORTUGAL R$77

ALTOZANO VERDEJO- SAUV. BLANC– 2015- FINCA CONSTÃNCIA – CASTILLA LA MANCHA – ESPANHA – R$ 78

 + Caro: CHASSAGNE-MONTRACHET LES CHAMPS- GAINS 1ER CRU ⚫ 2009 ⚫ JEAN-MARC MOREY⚫BOUGOGNE – FRANÇA R$ 948
Intermediários:  ROBERTSON WINERY CHENIN BLANC ⚫ 2016. ⚫ ROBERTSON WINERY ⚫ ROBERTSON VALLEY – ÁFRICA DO SUL R$87

MELI RIESLEING ⚫ 2015 ⚫ VIÑA MELI ⚫ VALE DE MAULE – CHILE R$95

MUSCADET SÉVRE ET MAINE ⚫ 2015 ⚫ REMY PANNEIR ⚫ LOIRE – FRANÇA R$ 108

SAMAS I G T ⚫ 2015 ⚫ AGRE PUNICA ⚫ SARDENHA – ITÁLIA R$ 154

CHABLIS ⚫ 2014 ⚫ LOUIS LATOUR ⚫ CHABLIS – FRANÇA R$ 225

Vinhos Rosados

15 rótulos

+ Barato: CLAUDE VAL ROSÉ  ⚫ 2015 ⚫ LES DOMAINES PAUL MAS ⚫ LANGUEDOC-ROUSSILLON ⚫FRANÇA R$ 83

+ Caro: DOMAINES OTT ⚫ PROVENCE ⚫ FRANÇA R$ 379

Intermediários: PEDRA CANCELA SELEÇÃO DO ENÓLOGO ⚫ 2014 ⚫ PEDRA CANCELA ⚫ DÃO ⚫ PORTUGAL R$97

LA MARCHESANA ROSADO ⚫ 2015 ⚫ POLVANERA ⚫ PUGLIA ⚫ ITALIA R$111

Vinhos Tintos

França, Itália, Espanha, Portugal, África do Sul, Estados Unidos, Argentina, Brasil, Chile e Uruguai – mais de 120 opções de rótulos

+ Baratos: PUNTI FERRER CARMENERE ⚫ 2015 ⚫ VIÑA PUNTI FERRER ⚫ VALE DO RAPEL – CHILE R$69

COVA DO FRADE RESERVA ⚫ 2013. ⚫ PENALVA DO CASTELO ⚫ DÃO – PORTUGAL R$71

LEGADO MUÑOZ GARNACHA ⚫ 2014. ⚫ BODEGAS MUÑOS ⚫ LA MANCHA – ESPANHA R$72

KUMALA MERLOT – PINOTAGE ⚫ 2016. ⚫ KUMALA ⚫ WESTERN CAPE – ÁFRICA DO SUL R$78

+ Caros: SAVIGNY-LES-BEAUNE LA DOMINODE PREMIER CRU ⚫ 2004 ⚫ BRUNO CLAIR ⚫ BOURGOGNE (MAGNUM) – FRANÇA R$ 2026

SASSICAIA ⚫ 2011 ⚫ TENUTA SAN GUIDO ⚫ TOSCANA – ITÁLIA R$2000

GEVREY-CHAMBERTIN CAZETIRS PREMIER CRU ⚫ 2004 ⚫ BRUNO CLAIR ⚫ BOURGOGNE – FRANÇA R$1632

ALMAVIVA ⚫  2014 ⚫  VIÑA ALMAVIVA ⚫  PUENTE ALTO – CHILE R$1081

Intermediários: SOLAR VIEJO TEMPRANILLO ⚫ 2015 ⚫ BODEGAS SOLAR VIEJO ⚫ RIOJA R$86

PEDREGAL TANNAT ROBLE ⚫ 2015 ⚫ ANTIGUA BODEGA STAGNARI ⚫ LA PAZ CANELONES R$100

LUCCARELLI ⚫ NEGROAMARO ⚫ 2015 ⚫ LUCCARELLI ⚫ PUGLIA R$101

PINOT NOIR L´ILE DE BEAUTÉ FRANÇOIS LABET ⚫ 2013 ⚫ DOMAINE PIERRE LABET ⚫ BOURGOGNE R$116

GRAYSON CELLARS ZINFANDEL ⚫ 2014 ⚫ GRAYSON CELLARS ⚫ CALIFORNIA R$122

LUIGI BOSCA MALBEC ⚫ 2014 ⚫ LUIGI BOSCA ⚫ MENDOZA R$134

GUASPARI SIRAH VISTA DO CHÁ ⚫ 2014 ⚫ VINÍCOLA GUASPARI ⚫ ESPIRITO SANTO DO PINHAL R$221

BRUNELLO DI MONTALCINO ⚫ 2011 ⚫ CASTELLO ROMITORIO ⚫ TOSCANA – ITÁLIA R$659

Cor

Cór Restaurante site

Praça São Marcos, 825 – Alto de Pinheiros.

Fotos com o mesmo fundo de tábua de madeira e de ambientes (divulgação). Demais fotos Ale Guerra (Cuecas na Cozinha).

Alessander Guerra

Envie uma mensagem