Azulejo Pernambucano

Sabe quando as pessoas pedem a indicação de um lugar bom, bonito e com preços razoáveis pra ir com os amigos e a família?  Assim é o Azulejo Pernambucano!

Azulejo Pernambucano

O chef recifense André Palma trouxe para a Pompéia (zona oeste de São Paulo) um restaurante para que as pessoas sintam como se estivessem na terra natal dele.

A bandeira de Pernambuco está lá, logo na entrada, de antemão avisando o que nos espera.

Instalado num casarão dos anos 40, o Azulejo Pernambucano tem ambientes convidativos.

André reproduz pratos da tradicional culinária do seu Estado com inspiração, à princípio, nos quitutes servidos nas casas dos barões da cana de açúcar.

Receitas de mais de 300 anos que levam, naturalmente, ingredientes trazidos direto de Recife.

Azulejo Pernambucano Antes de mais nada prove o Caldinho de Peixe

Autodidata, o chef me contou que aos 11 anos já ajudava na cozinha sua irmã mais velha, a Vera, com quem, dessa forma, aprendeu fazendo.

A receita tradicional do bolo Souza Leão, que prepara no restaurante,  ele antecipa que é ensinamento do seu conterrâneo, o chef César Santos – Oficina do Sabor em Olinda.

Enfim, André Palma pretende mostrar em seu Azulejo Pernambucano uma comida simples, feita com bons ingredientes e tempo de preparo cuidadoso.

Além da cozinha, que deve ser compartilhada com vários chefs convidados, há também o objetivo de logo trazer pernambucanos das mais variadas expressões culturais: artesãos, artistas plásticos, designers, músicos, para eventos na casa.

Como já cantaram os Titãs: “A gente não quer só comida. A gente quer comida, diversão e arte!”

Azulejo Pernambucano Logo depois pode pedir uma porção dos Bolinhos de Macaxeira.

Azulejo Pernambucano – menu

Inspirado nos mercados de São José e da Madalena que está acostumado a frequentar em Recife, o chef criou um cardápio onde o cliente poderá montar seu próprio prato.

Combinando Sustanças com Acompanhamentos típicos.

Claro que vamos começar petiscando!

Antes de mais nada, inicie os trabalhos com o imperdível Caldinho de peixe (R$14) que é pura comfort food.

Uma prova de como as horas de preparo e o cuidado com os ingredientes, resultam em sabores inesquecíveis.

Tem também Bolinho de macaxeira com charque (R$20) ou com bacalhau (R$24).

O Arrumadinho de carne de sol (R$25), de acordo com o chef, é um dos seus pratos favoritos.

Azulejo PernambucanoEntão parta para as Sustanças e Acompanhamentos.

Entre as Sustanças

Feita na casa, a Carne de Sol na manteiga de garrafa (R$35) é muito macia e suculenta.

A Carne de Charque (R$32) chega ao prato em forma de picadinho, também puxada na manteiga de garrafa.

Queijo Coalho (R$15) não pode faltar.

Mais próxima do litoral, a cozinha de André Palma possui no cardápio pratos como: Peixe do Mar (R$39), filé de peixe do dia preparado no azeite de ervas e os Camarões no azeite de ervas (R$69).

Para os Acompanhamentos

Você pode escolher Purê (R$8) de macaxeira, inhame, batata doce ou jerimum.

Farofa (R$7) acebolada, de abacaxi ou de cuscuz.

Eu super recomendo a farofa de cuscuz, muito bem temperada e saborosa!

Bem como Feijão (R$10) fradinho ou verde (que vem direto de Recife).

Arroz (R$6) branco, de castanha, de alho frito ou de coco seco.

Afinal peça um de cada! Assim dá pra compartilhar com as pessoas que estiverem dividindo a mesa!

Azulejo PernambucanoMarmita do Chef – Baião de dois

Marmita do Chef

Paralelamente ao cardápio uma opção muito prática, saborosa e com ótimo preço é a Marmita do Chef!

Servida apenas durante a semana de quarta a sexta-feira no almoço por R$ 19,90.

Entre as criações oferecidas semanalmente estão pratos como baião de dois, galinhada, picadinho, charque e vaca atolada. Além de uma opção vegetariana.

Azulejo PernambucanoÉ difícil escolher a sobremesa!

Sobremesas

As sobremesas, desde já aviso: são um capítulo à parte. Muito bem cuidadas pelo chef.

Bolo de Rolo (R$14) – único que não é preparado no Azulejo Pernambucano,  vem direto de Recife e é servido em fatia com goiabada juntamente com queijo Reino.

Trindade Pernambucana (R$26) – reúne simultaneamente fatias dos bolos:

  • Souza Leão – bolo histórico – feito com massa de mandioca e 21 gemas,
  • de Noiva – tem massa escura de frutas e vinho e é tradicional em casamentos de Pernambuco,
  • de Rolo – tradicional rocambole que leva goiabada de recheio.

Cartola (R$22) – banana frita com queijo manteiga polvilhado de açúcar, chocolate e canela.

Cocada cremosa (R$12) – coco, abacaxi, passas e doce de leite.

Mateus e Catirina (R$20) – bolo de rolo, sorvete de queijo e goiabada cremosa.

Sertões (R$18) – sorvete de queijo, farofa de paçoca e mel de erva doce.

Não deixem de pedir esse sorvete de queijo, porque é cremosamente único!

Azulejo PernambucanoTambém alerto que, da mesma forma, é imperdível esse Sorvete de Queijo – Sertões

Azulejo Pernambucano – Café e Tapiocaria

Durante as tardes de quarta a sexta, das 15h30 às 18h30, a casa funciona com uma proposta semelhante aos famosos cafés regionais nordestinos.

Serve tapiocas, cuscuzes, bolos, sobremesas, sucos e café.

Entre as opções: Cuscuz recheado de charque ou coalho (R$14) e Tapioca de charque ou coalho (R$14).

Azulejo PernambucanoDrink Serra das Russas

Azulejo Pernambucano – Para Beber

Falamos dos comes, agora podemos entrar no capítulo dos bebes.

Carta de Drinks

Alguns drinks autorais preparados especialmente com cachaça Carvalheira.

Coco de Roda (R$24) – cachaça Carvalheira tradicional, caju picado, leite de coco, mel de caju, coco seco queimado.

Serra das Russas (R$22) – cachaça Carvalheira Brasil, morangos macerados, suco de abacaxi e mel de engenho.

Dá também pra pedir com vodka ou gin, mas se está na casa e quer provar os sabores de Pernambuco , definitivamente peça com a cachaça Carvalheira!

Azulejo Pernambucano

Carta de Vinhos

Sócia do chef André Palma, a sommelière paulistana Renata Quirino, circula pelo salão da casa dando assim sugestões aos clientes.

Criou uma carta que privilegia os vinhos brasileiros e de países que ajudaram na composição da sociedade de Pernambuco como Portugal e Espanha, por exemplo.

São mais de 60 rótulos da Europa, Brasil e África do Sul – bem como cerca de 20 deles também oferecidos em taça.

Surpreendentemente o Azulejo Pernambucano oferece uma variedade de vinhos mais elaborados que eu não esperaria encontrar na carta.

Com certeza resultado do trabalho de Renata.

Dessa forma o local é uma boa parada para os apreciadores de vinho.

Citando alguns para ilustrar:

Azulejo Pernambucano

Champagnes e Espumantes

Champagne Lanson Black Label Brut (R$438) ou Espumante brasileiro Campos de Cima Natural Brut (R$118 garrafa/ R$34 taça).

Brancos

Opta 2015 – Dão/ Portugal  (R$89) – elaborado assim com as uvas Encruzado, Malvasia Fina e Cerceal Branco ou o brasileiro Pizzato Legno Chardonnay Gran Reserva 2016 (R$164)

Mais uma opção de branco é o sul-africano Lyngrove Collection 2016 – Sauvignon Blanc (R$82)

Laranja

Art. Terra Curtimenta 2016 (R$216) – vinho do Alentejo (Portugal) feito com as uvas Antão Vaz, Arinto e Viognier.

Em síntese, o vinho laranja é o resultado do contato do vinho branco com as cascas da uva durante a fermentação. O que, a princípio, lhe confere mais riqueza de aromas e sabores.

Rosés

Irene Antonietta Campos de Cima 2015 – brasileiro elaborado com Merlot, Shiraz e Malbec (R$74 garrafa / R$22 taça).

Tintos

Chateauneuf du Pape Domaine Raymond 2012 (R$382)

Langhe Nebbiolo Pecchenino 2013 (R$185)

Las2ces 2015 – da região de Valência na Espanha – assim produzido com uvas Bobal, Tempranillo e Syrah (R$73 garrafa /R$22 taça).

Sobremesas e Fortificados

Château des Comperes Sauternes 2015 (R$319 garrafa/ R$46 taça).

Jerez Real Tesoro Oloroso (R$131 garrafa/ R$32 taça).

Azulejo PernambucanoO chef recifense André Palma e a sommelière paulistana Renata Quirino.

Eventos

O Azulejo Pernambucano pode ser reservado igualmente para eventos sociais e corporativos.

Assim também, o chef André Palma prepara pratos do restaurante ou outro menu escolhido pelo cliente.

A casa dispõe de 40 lugares no andar superior, que é utilizado apenas para eventos.

Bem como há ainda 70 lugares no piso inferior para eventos maiores.

De acordo com o chef também é possível pedir o serviço de bufê a domicílio.

Serviço:

Azulejo Pernambucano

Endereço: Rua Caraíbas, 871 – Pompéia (São Paulo)

Facebook / Instagram

Valores citados referentes a data da visita maio/2018

Naturalmente se você gostou dessa dica, deve acessar nossa coluna de restaurantes.

Alessander Guerra

Envie uma mensagem