Formaggio Mineiro

P%C3%A3o%20de%20Queijo thumb%5B1%5D - Formaggio Mineiro
A história desse pão de queijo da Formaggio Mineiro começou quando meu amigo Ulisses disse: “Você tem que provar um pão de queijo feito pela empresa de uma casal mineiro de amigos meus”. O tempo passou e dia desses o Ulisses me convidou para assistir sua banda cinquentona, que manda muito bem por sinal, a Plano B.
Lá fui eu! Sentei na mesa com um casal que não conhecíamos, a Mirany e o Marcello, e começamos a bater-papo. Sabe como é conversa em show, vai cortando o assunto que é uma beleza! Você ouve uma coisa, responde outra; até que a banda faz intervalo e, embora tudo fique audível, sua voz ainda não percebe e você continua gritando.
Vi que eles eram de Minas e que gostavam de comida, aí falamos de lugares legais para comer por aqui e por lá, do Comida di Buteco, contei da minha noite de autógrafos mineira e chegamos enfim ao pão de queijo. Afinal, quando se fala em Minas Gerais é quase que uma necessidade acrescentar o pão de queijo na conversa. Foi então que eu descobri que eles eram os donos da Formaggio Mineiro, que o Ulisses tinha me falado.
Fiquei curioso e me contaram que depois de um ano de pesquisas, partindo de uma antiga receita de família, eles chegaram a seu produto final que conta com 40% de queijo na composição (divididos entre o queijos Canastra e Parmesão).
40% de queijo!!!! Preciso provar porque ultimamente aqui em São Paulo os pães apenas cheiram queijo, são polvilhos aromatizados.
Recebi umas 4 caixinhas, segui as instruções da embalagem (isso é muito importante para dar certo – Vários mineiros já me disseram que os paulistas são muito apressados, não seguem as instruções de assar e isso prejudica o resultado).
Fiz tudo “certim”, provei e vou dizer que: tem gosto de queijo! É crocante por fora -faz uma boa capinha de queijo que chega a pinicar a língua- e macio por dentro.
P%C3%A3o%20de%20Queijo3 bx thumb%5B1%5D - Formaggio Mineiro Curti essa embalagem que individualiza os pães de queijo e traz instruções de preparo em letras grandes

Alessander Guerra

6 Comentários

  1. >Tive uma desilusão com o primeiro pão de queijo que fiz porque não me soube a queijo! Acho que só mesmo o pão de queijo daí é que é o verdadeiro 🙂

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*