>Cachaça da Tulha – Não vai sobrar pro santo!

>

image002 - >Cachaça da Tulha - Não vai sobrar pro santo!Há tempos que a cachaça deixou seu status de queima goela, para ganhar ares de bebida sofisticada. Eis uma grande prova do que estou falando, esse convite que recebi para degustar a Cachaça da Tulha – Edição 2008. Um blend exclusivo, assinado por quatro especialistas: BelarminoIglesias (proprietário do Grupo Rubaiyat), Carlos Cabral (consultor de vinhos do Pão de Açúcar), Pereira (barman do Astor) e Mauricio Maia (publicitário e apreciador de cachaças).
A Cachaça da Tulha – Edição 2008 tem graduação alcoólica de 41% – 70% de cachaça base (envelhecida 3 anos em carvalho europeu e 6 meses em tonel de amburana), 15% da cachaça envelhecida em bálsamo, 10% em jequitibá e 5% em carvalho americano. O resultado, segundo os quatro especialistas, é uma “bebida fina e delicada, que desce macia, sem queimar”.

Serão apenas 2500 garrafas com rótulo especial criado pela diretora de arte de cinema Carla Caffé, que devem chegar ao mercado ao preço de R$90,00 a unidade. Pontos de venda. Mais informações sobre a Cachaça da Tulha.

Alessander Guerra

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*