Molho à Bolonhesa

Ontem falei da Pizza Bolonhesa que preparei por aqui. Fiquei de dar a receita do molho que eu fiz.

Cabe dizer que o molho que eu faço é cada dia um e depende do que eu tenho na geladeira e qual meu espírito de fazer alquimia na panela.

E os puristas vão dizer: “Mas molho à bolonhesa só igual o que se faz na Bologna (Itália)”. Pois então que façam o da moda de lá e eu faço o meu e você faz o seu à nossa moda bolonhesa de cá.

Aliás, falando nisso logo posto sobre um autêntico molho à bolonhesa de lá escrito no livro “A Ciência na Cozinha e a Arte de Comer Bem” de Pellegrino Artusi que foi escrito em 1891. É bem diferente do que comemos por aqui.

Agora, sem mais delongas vamos ao molho que eu fiz:

Na panela fundo de azeite e alho-poró picado, refoga um pouco e coloca umas 400 g de carne moída. Um pouco de sal + um tanto de pimenta síria. Vá mexendo e deixe a carne dar uma bronzeada. Vira uma lata de tomate pelado com um tantinho de água que você usa para lavar a lata. Mexa bem ajudando a desmanchar os tomates. Deixe reduzir um pouco até encorpar. Veja se está bom de sal e pimenta. E por fim um pouco de salsa e cebolinha picadas.

Alessander Guerra

2 Comentários

  1. >Também faço com o que tiver, não sou nada purista nem gastrochata como vocês costumam dizer he he
    Com alho-poró ainda não experimentei, boa ideia 🙂

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*