Não é história de pescador

Embalagem+CostelaTambaqui - Não é história de pescadorHoje em dia a sustentabilidade está em pauta. Então é bastante natural que a Amazônia considerada pulmão do mundo (Observação Importante: esperamos que os senhores Governadores dos Estados que compõe a região observem sempre isso antes de mandar o gado pastar e o Governo Federal, mesmo sem a ministra Marina Silva, entre uma viagem e outra lembre que aquilo lá existe) e um dos biomas mais ricos do planeta, seja sempre o maior foco de atenções.

Pois bem, eis uma iniciativa que foca o desenvolvimento sustentável. A Nativ – Indústria Brasileira de Pescados Amazônicos apresenta ao mercado uma linha Premium com peixes da Bacia Amazônica: Surubim (peixe de couro – carne clara, sabor suave, consistência tenra); Pintado da Amazônia (peixe híbrido – resultado do cruzamento do Surubim com o Jundiá da Amazônia – é um peixe de couro com carne de coloração clara, sabor suave e consistência tenra) e Tambaqui (peixe de escamas, carne branca, sabor bem suave, consistência firme – porém tenra).

O detalhe é que todos esses peixes não foram pescados in loco. São criados pela empresa na cidade de Sorriso (MT).

Alessander Guerra

9 Comentários

  1. >ALE, sabe que minha familia (mãe, irmão, sobrinho, cunhada) mora lá, né? E que eu morei lá 16 anos . Em BELÉM. Na verdade, somos do sul, mas meu pai quis ir para lá e nos mudamos nos anos 70… eu é que vim morar aqui no final dos anos 80.
    Enfim, AMO, AMO os “nossos” peixes de lá.
    Existe um, agora muuuito reverenciado pelos chefs daqui do sul – o FILHOTE – que de pequeno não tem nada – pode chegar até mais de 1 metro – que é a coisa mais deliciosa do mundo!! Úmido, carne macia, uma beleza!
    Sobre os pastos, não são bem os governadores que mandam ninguém não, Ale. A SAFADEZA é daqueles sujeitos, que para ganhar dinheiro a qualquer custo, desmatam, queimam a floresta para pastos.Ou para retirar alguns metros de madeira devastam quilometros a fio, depois o restante fica lá… Se a floresta fosse utilizada conscientemente, ela jamais se acabaria. Reflorestamento, legalização de terras, de serrarias, e por aí vai.
    Mas isso é um outro assunto. Que foge bastante da nossa culinária. Mas do qual tenho muita experiência.

    Beijos
    LENA

  2. >Não gosto de peixes, mas a iniciativa da empresa é louvável.
    Sempre fui muito ambientalista e sou bem chato com algumas coisa! kkk.
    E para quem quiser seguir a onda, veja no site do greenpeace (https://www.greenpeace.org.br/cop/) sobre o navio Artic Sunrise que estará aberto a visitação em alguns portos brasileiros alertando sobre os temas que o greenpeace discute. Eu, assim como da ultima vez que o navio veio para Recife, estarei como voluntário! =p

  3. >bem legal e original a idéia dos peixitos. vou consumir assim que me deparar com eles nas prateleiras dos supermercados. hehe

    eae Alê, tudo bem? 2009 SUPER pra você.

    Nos vemos pessoalmente no NA COZINHA?

    abção
    Alex Fazion

  4. >Sil é só acessar o link da empresa que deixei no post para saber onde comprar.bjs

    Eu sabia Lena! Ainda não provei o peixe Filhote (vc colocou a pulga da vontade atrás da minha orelha). Quanto aos Governantes (Estadual e Federal)só quis dizer que eles são eleitos com a obrigação de cuidar dos interesses públicos e não dos privados. bjs

    Bruno eu acho louvável é a sua atitude voluntária! Aqui no Cuecas sempre defendo iniciativas voltadas à sustentabilidade e a um mundo melhor: livre da fome e da sede. O maior desejo de quem dá valor à comida. Abs e obrigado por comentar.

    Alex já sei desde 20/12/2008 que vc ia ter uma casa nova. Encontrei com o Kats sem querer e foi muito engraçado (depois conto). Estou lá nessa 2a dia 19, porque ele e o chef me convidaram para um jantar especial. Abs e até segunda. Claro que dia 26 terá repeteco.

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*