Oryza restaurante

Risoto de beterraba com limao sicili - Oryza restaurante

Risoto de beterraba com pasta de limão siciliano e aspargos verdes

Todo mundo que frequenta o blog sabe o quanto eu me esforço para achar opções boas e baratas de restaurantes para poder indicar. Pois fiquei sabendo do menu 45 que o restaurante Oryza está lançando e fui conferir de perto. O menu 45 vai variar a cada semana e oferecerá sempre (almoço e jantar): couvert + duas opções de entrada, prato principal e sobremesa para o cliente escolher; tudo ao preço de R$45,00.

Gostei muito do trabalho que os chefs Daniela Amendola e Marcio Silva do Oryza fazem. Uma comida leve e saborosa, cheia de surpresas agradáveis aos olhos e paladar.

O restaurante chama Oryza (arroz em latim) exatamente porque essa é sua maior especialidade. Boa parte dos pratos leva arroz, cerca de 12 tipos diferentes de países como: Brasil, Itália, Portugal, Índia, Japão; em suas mais variadas formas – inclusive a líquida, o sakê. O pão da casa, casquinha crocante e miolo macio, servido no couvert também é feito com arroz.

Po de arroz com manteiga queimada th - Oryza restaurante

A carta de vinhos é enxuta, mas variada. São espumantes, brancos, tintos, rosados e de sobremesa de diversas nacionalidades: Brasil, Áustria, França, Itália, Espanha, Portugal, Alemanha, Grécia, Austrália, Estados Unidos, África do Sul, Nova Zelândia, Argentina, Chile, Uruguai e Hungria. E há opções para você beber 125 ml, 250 ml, 500 ml ou 750 ml., o que é ótimo caso queira harmonizar vinhos com a comida porque não precisa pedir uma garrafa.

Danie de Wet Chardonnay Bio 2011 thu - Oryza restaurante

Gostei muito do vinho sul africano que é servido nas opções 125 – 250 – 500 – 750 (ml); o Danie de Wet Chardonnay Bio 2011, feito com uvas da região de Robertson pelo produtor De Wetshof (especialista em vinhos brancos da África do Sul). É Bio porque respeita a biodiversidade da região. Tem bom corpo, é equilibrado, frutado, fresco e aromático. Tem teor alcóolico de 13,5% vol e deve ser servido entre 7 a 9ºC. Importado pela Mistral.

Além de restaurante o Oryza agora também conta com serviço para eventos.

Vou destacar alguns pratos que provei e gostei bastante.

Risoto de beterraba com pasta de limão siciliano e aspargos verdes – (foto no início do post) Alguém fala em beterraba e já vem à nossa cabeça que aquilo vai ser doce, mas nesse risoto cremoso -com arroz perfeitamente no ponto de cozimento- o doce é bem equilibrado pela pasta de limão siciliano. Uma contraste interessante e provocante de sabores. Os aspargos verdes vieram bem frescos e crocantes.

Steak Tartar com toque defumado6 - Oryza restaurante

Steak Tartar com toque defumado, sorvete de mostarda e batata rústica

Primeira vez que o chef testava essa receita de Steak Tartar. Serviu como entrada, mas fez tanto sucesso que vai transformar em prato principal. Carne muito fresca, bem temperada e com um toque defumado que faz toda a diferença no aroma e paladar. É carne crua, mas lembra churrasco. Quem gosta de Steak Tartar precisa conhecer esse!

Panceta com pur de ma thumb1 - Oryza restaurante

Panceta de porco com purê de maçã e alecrim, espinafre e pururuca light

Carne de porco bem suave e macia, desmancha na boca. Complemento perfeito, como sempre, um purê de maçãs que aqui ganhou um toque de alecrim. A pururuca recebe toda uma atenção especial dos chefs, que se utilizam de técnicas de preparo que a deixam bem leve, sem perder o sabor e a crocância.

Riz au lait1 thumb1 - Oryza restaurante

Riz au lait

Nessa sobremesa, o arroz, em ótimo ponto de cozimento – dá para mastigá-lo, está numa mistura líquida suave de leite e baunilha, acompanhada de calda espessa de caramelo e flor de sal. Um sobremesa pouco doce e bem diferente do sabor do arroz doce que conhecemos. Vale à pena provar!

Butterscot thumb2 - Oryza restaurante

Blondie de Butterscotch

Esse bolo quente de manteiga e caramelo ao rum acompanhado de sorvete de pistache, também acabou de ser criado pelos chefs. É um bolo tudo de bom e mais um pouco! Úmido, macio, saboroso,…. Daqueles de pedir bis. Servido quente para contrastar com o cremoso sorvete de pistache feito na casa + um toque crocante de caramelo.

Alessander Guerra

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*