Suflê de quinoa sem glúten

Suflê Andino Reinhard Lapinha Spa - Suflê de quinoa sem glúten

Quem preparou essa receita de Suflê de quinoa sem glúten foi o chef Reinhard Pfeiffer (Lapinha Spa), nosso colaborador da coluna Gastronomia Funcional .

O chef batizou seu Suflê de quinoa sem glúten de Suflê Andino, certamente, porque a quinoa foi um alimento fundamental na cultura Inca e, ainda hoje, é muito importante para os povos que habitam a região.

Quinoa para uns ou quinua para outros, é um grão que vem da cultura dos Incas, considerado “Alimento Sagrado” dos Andes. Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, a quinoa é um dos alimentos mais completos que existem. É rica em ferro, fósforo e cálcio; vitaminas do complexo B e vitamina E; Ômegas 3 e 6; entre outras coisas. Ótima substituta para a farinha de trigo, não só por ser um alimento bem mais completo, mas também porque não contém glúten.

Acessem o post Cozinhando sem Glúten para saber mais sobre o assunto.

Suflê de quinoa sem glúten (Suflê Andino)

chef Reinhard Pfeiffer

Rendimento: 20 porções de 166g

Valor Calórico: 111,48 Kcal

Nível de dificuldade: Médio

Tempo de preparo: 20 minutos + 10 minutos de cozimento

 

Ingredientes

200g Quinoa Branca

2 colheres de (sopa) Óleo de girassol

1 colher de (chá) Alho picado

1 unidade grande (200g) – Cebola picada

Caldo de legumes suficiente para cobrir a quinoa

200 ml de Sopa de tomates (tomates batidos no liquidificador)

180 g de Tomates secos hidratados/ picados

2 colheres de (sopa) – Ervas frescas (tomilho, alecrim, sálvia)

3 colheres de (sopa) – Cebolinha picada

1 colher de (chá) – Sal marinho

100 ml – Vinho branco seco

6 unidades – Ovos (separar clara e gemas)

 

Modo de Preparo:

  1. Lave bem os grãos em água corrente para evitar que fique amargo. Em uma panela refogue o alho e a cebola no azeite de oliva, junte as ervas frescas. Acrescente o vinho e deixe reduzir uns 2 minutos. Coloque a quinoa ( já lavada) na panela e cubra com caldo de legumes e deixe cozinhar em fogo baixo. Quando estiver quase seco, acrescente os tomates, a sopa de tomate, a cebolinha e o sal. Depois de pronto deixe esfriar.
  2. Em outra vasilha separe as claras e as gemas dos ovos e em seguida bata as claras em neve em ponto bem firme.
  3. Depois de esfriar a massa de quinoa, acrescente as gemas e as claras em neve. Servir em ramequins untados com óleo de girassol.
  4. Coloque em forno quente (150°C) em torno de 20 minutos, até dourar. Servir quente.

(foto de divulgação)

 

 

 

Alessander Guerra

Um Comentário

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*