WineIN São Paulo

WineIN 656x1024 - WineIN São Paulo

O primeiro WineIn aconteceu nos dias 22 e 23 de agosto, idealizado e coordenado pelo especialista  Breno Raigorodsky, realizado pela Exponor Brasil, com supervisão técnica do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), patrocínio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e apoio da Fecomercio e do Comitê do Vinho da FecomercioSP.

Mais que apenas degustar ou pontuar a bebida, o objetivo do evento era promover um  grande debate sobre o vinho produzido no Brasil e seu posicionamento no mercado. Palestrantes, profissionais do setor, jornalistas, degustadores do Brasil e de outras partes do mundo debateram temas como o terroir brasileiro, o mercado, o marketing do vinho e o planejamento necessário para a consolidação do país no novo cenário mundial da bebida.

Houve também dois painéis que elegeram os melhores vinhos abaixo de R$50” e “os melhores vinhos acima de R$50”. O objetivo era comparar vinhos brasileiros com chilenos e argentinos. “O espírito das degustações com os argentinos e chilenos foi sempre mostrar que o Brasil produz vinhos de qualidade acima da média dos nossos vizinhos. Visto que os adversários tinham boas pontuações em publicações como o Guia Descorchados, o Wine Advocate (de Robert Parker) e outros certificadores internacionais, concluímos que os resultados superaram as expectativas”, disse Raigorodsky.

Em uma degustação às cegas entre 20 amostras nacionais, foram selecionados na categoria abaixo de R$50 os rótulos: Do Lugar Cabernet Franc 2011, Pizzato Merlot Reserva 2010, Casa Perini Tannat 2011, Monte Paschoal Dedicato Cabernet Sauvignon 2011 e Salton Intenso Merlot 2009. A lista classificatória dos “melhores vinhos abaixo de R$50” está na abertura do post, citando a ordem de premiação que avaliou vinhos brasileiros, argentinos e chilenos

Acima de R$50, foram classificados os nacionais RAR Cabernet Sauvignon Merlot 2008, Pizzato DNA 99 Merlot 2008, Miolo Lote 43 Merlot Cabernet Sauvignon 2011, Don Abel Rota 324 Cabernet Sauvignon 2005 e Almaúnica Reserva Syrah 2011. A lista classificatória dos “melhores vinhos acima de R$50” está na abertura do post, citando a ordem de premiação que avaliou vinhos brasileiros, argentinos e chilenos

Circuito Brasileiro de Degustação

Integrado ao Wine In aconteceu também a etapa paulista do Circuito Brasileiro de Degustação, que recebeu a visita de cerca de 800 participantes em dois dias de evento.

Participaram as vinícolas Aracuri Vinhos Finos, Casa Valduga, Casa Venturini Vinhos e Espumantes, Cooperativa Vinícola Garibaldi, Domno do Brasil, Don Abel Vinhos Premium, Dunamis Vinhos e Vinhedos, José Sozo Vinhos, LÍDIO CARRARO Vinícola Boutique, Luiz Argenta Vinhos Finos, Miolo Wine Group, PIZZATO Vinhas e Vinhos, Quinta Don Bonifácio, Sanjo – Cooperativa Agrícola de São Joaquim, Vinícola Routhier & Darricarrère, ViniBrasil, Vinícola Aurora, Vinícola Campos de Cima, Vinícola Kranz, Vinícola Nova Aliança, Vinícola Peterlongo, Vinícola Perini, Vinícola Salton e Projeto Suco de Uva 100% do Brasil.

Alessander Guerra

Um Comentário

  1. O WineIn foi um evento fantástico, que reuniu produtores e especialistas do mundo do vinho do Brasil e do Exterior, tratando do assunto com seriedade, em seus mais diversos aspectos, como legislação, comércio exterior, marketing, qualidade e outros aspectos. Para nós da Millennium Traduções foi uma satisfação prestar o serviço de tradução simultânea deste evento que, com certeza, contribuiu para o setor vinícola do Brasil. Foi muito bom saber que especialistas internacionais de tanto renome asseguram a elevação da qualidade do vinho brasileiro nos últimos anos, dizendo sobre o espaço que este setor tão importante principalmente para estados como o RS e SC está ganhando em mesas do Brasil e do exterior, até mesmo na China!

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*