Chancliche

Chancliche DSC03286 - ChanclicheSegue uma dica vapt-vupt para receber convidados em casa. Compre um chanclicheretire o miolo e encha de passas brancas para os convidados irem cortando pedacinhos desse queijo árabe temperado com zatar.Na verdade o nome do queijo lá nas arábias é “labneh” . Só que um mineiro que se casou com uma libanesa, que tinha um segredo de estado (esse queijo feito pela sua avó), com todo aquele jeitinho tão tradicional da terra do pão de queijo, convenceu a vovozinha a abrir seu livrinho de receitas. O queijo foi patenteado como Chancliche e desde então virou sinônimo desse queijo árabe. O laticínio é produzido em Guaxupé (MG) pela President.

Alessander Guerra

15 Comentários

  1. >Obrigado Cris, você e o Roger foram as cobaias.

    Azul, então que vá lá o quejinho, aida bem que as passas não se misturam

    Marizé eu também gostei

    Com certeza Laurinha umas nozes a mais também cairiam bem.

  2. >Aproveita que vc tá conhecendo as coisas de Guaxupé(que é uma das melhores cidades do Estado) e prova nosso café. Você vai amar!
    Não esquecendo o convite para visitar a cidade que é linda.
    Quanto sua dica, adorei, vou testar esse fds.

  3. >Cozinhar com os anjos obrigado pela visita.

    Clari sei bem da fama dos cafés de Guaxupé. Quando for a Minas passo pela sua cidade com certeza.

    Vinni com certeza o: “jeitinho” faz toda a diferença. E como cozinham esses mineiros, né?

  4. >Caro Alessander, esse queijo é show.
    Conheci uma família líbano-mineira de Uberlândia que nos servia o chancliche misturado com cebola cortada em pedacinhos bem pequenos, azeite e sal para passar no pão árabe.
    Uma dilíça.

    Abraço.

  5. >Para ir para Guaxupé você tem que passar por Mococa, minha terra, lá tem café bom também, o Pessegueiro, dentre outros, olha a propaganda de graça no seu blog, mas me perdoe, não resisti…

  6. >Cris bem sei da fama de Mococa e também conheço seu delicioso café Pessegueiro. E prá mim isso não é propaganda, não. Esse blog está a serviço do que é tudo de bom!

  7. >Alê, adorei a dica. Em casa faço uma pasta com chancliche que é tudo de bom e uso muito como aperitivo. Pego o chancliche amasso com o garfo e tempero um pouco mais e junto tomate sem pele e sem sementes em cubinhos, cebola roxa em cubinhos e sirvo com torradas.
    Beijos pra você e pra Cris .

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*