Eataly gastronomia italiana em Nova York

Eataly SALUMIFORMAGGICOUNTR CREDITOS%5B2%5D - Eataly gastronomia italiana em Nova York

Os chefs Mario Batali, Lidia e Joe Bastianich inauguraram ao lado do prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, oEataly. Ocupando o histórico Toy Building em um espaço de 3.900 m2,  loja de vinhos, padaria, café, delicatessen, sete restaurantes: o Le Verdure (vegetariano), Il Manzo (carne), Il Pesce (peixes), La Pasta (massa), La Pizza (pizza), I Salumi e I Formaggi (queijo e salame) e Il Crudo (pratos naturais crus). A cervejaria La Birreria fica no terraço e conta com harmonização de cervejas com pizzas e porções de linguiça. O Lavazza Café serve espresso, capuccino, gelato e doces, além de uma seleção de “dolci al cucchiaio” (sobremesa de colher).

O Eataly conta também com La Scuola – um centro educacional de culinária que oferecerá cursos de vinho e preparação de pratos, palestras e aulas demonstrativas de chefs, fazendeiros e produtores. Lidia Bastianich, Mario Batali e Joe Bastianich também lecionarão. O conteúdo terá ênfase na culinária de alta qualidade, produtos artesanais, ingredientes sazonais e locais. O movimento Slow Food está ligado a todo o projeto.

Eataly la panetteria creditos EVAN S - Eataly gastronomia italiana em Nova YorkPadaria ou La Panetteria (foto: Evan Sang)

Agora vamos abrir aspas para mais um momento: Cuecas na Cozinha – cozinhando ideias…

Olha só que legal seria se por aqui tudo fosse feito para que um negócio desse certo, se o empreendedorismo fosse incentivado de fato, se a burocracia desse lugar a projetos eficientes. Quanto emprego seria gerado, quanta renda, quanto turismo. Como diríamos no Twitter #ficaadica tá prefeitos e prefeitas!

Em meio à crise, o prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, lançou o Programa de Aceleração de Novos Negócios – com o apoio da iniciativa pública, a abertura de bares, restaurantes, padarias e outros estabelecimentos comerciais ocorre com mais facilidade, além de contemplar também suporte aos novos empresários. Só no caso do Eataly, graças a esse projeto a inauguração do complexo foi antecipada em 15 semanas e gerou 300 empregos permanentes.

A equação parece simples: apoio da iniciativa pública = + investimentos = + negócios = + renovação na cidade = + atrações = + turistas. Tudo isso acrescido de um = + empregos = + renda = + economia fortalecida = + impostos recolhidos= + resultados para o poder público. E o ciclo se renova.

Só no primeiro semestre de 2010, Nova York atraiu 23,5 milhões de visitantes.

 

Agradecimento à NYC & Company.

 

 

Alessander Guerra

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*