>Viagem Gastronômica pela Hungria e a Dobostorta

>

Livro+Hungria - >Viagem Gastronômica pela Hungria e a DobostortaOi gente, já era pra eu ter postado. Mas sabem o que é? A Telefônica vive me confundindo. Eu pensei que tivesse contratado o Speedy, mas na verdade devo ter fechado o pacote Slow, que hoje o dia inteiro estava Stop. Larga tem de ser a minha paciência e não a Banda, que está mais pra um banquinho e um violão.

Mas vamos lá, conforme prometi no post de ontem, eis uma boa sugestão de leitura para os que gostam de novidades: Viagem Gastronômica pela Hungria de Maria Isabel de Thurzó Sipos Altílio (Editora Landy). Tive a oportunidade de ir ao lançamento e a dona Maria Isabel, além das receitas típicas nos transmite a história e cultura de seu país. Suas memórias de infância também ganham vida em algumas páginas, trazendo a magia do conto ao livro.

E já que falei da Dobostorta segue a receita publicada pela autora na íntegra.

Use para a massa:
6 gemas
6 claras em ponto de suspiro bem firme
120 g de açúcar
120 g de farinha de trigo especial

Use para o recheio:
200 g de açúcar
6 ovos
150 g de chocolate em tabletes, ralados
2 colheres (chá) de essência de baunilha
200 g de manteiga batida em ponto de creme

Use para a cobertura:
calda firme de caramelo feita com 2 xícaras (chá) de açúcar

Faça a massa assim:
Coloque as gemas na batedeira e adicione o açúcar às colheras, batendo sempre.
Adicione da mesma forma a farinha de trigo.
Incorpore essa massa cuidadosamente, integrando às claras em ponto de suspiro.
Asse em 6 folhas iguais, deixe esfriar.

Faça o recheio assim:
Coloque o açúcar, os ovos e o chocolate em banho-maria, mexendo sempre até engrossar em ponto de creme.
Quando o creme amornar, coloque a manteiga e a baunilha.

Montagem:
Coloque a primeira folha da massa assada sobre um prato e cubra com parte do recheio. Continue esse procedimento até a quinta folha.
Cubra a última folha com calda de caramelo e, quando firme, recorte em fatias usando faca afiada, aquecida e úmida. Coloque as fatias sobre o bolo montado e use a última parte do recheio para cobrir os lados.

Rendimento: 10 porções
Calorias por porção: 595 kcal

Alessander Guerra

12 Comentários

  1. >Alessander, tudo bem? sou leitor diário de seu blog e seus posts são muito úteis e interessantes. A respeito deste último post tenho uma dúvida: vi que vc esteve na Hungria e eu irei passar este natal em Budapeste. Assim, gostaria de saber se você tem alguma boa dica de restaurante por lá!
    Abraço.

    Ari Cesar Paiva de Almeida

  2. >Alessander, que interessante deve ser esse livro. Ja vou pedir pra minha irma me mandar um.
    Essa torta eh deliciosa e de visual lindo por causa do caramelo no topo, mas da um trabalho enorme. Das amigas Hungaras que tenho, so poucas as faz, assim mesmo em ocasioes muito especiais. Sorte de quem mora na Hungria que pode compra-la na Cukrászda = confeitaria.

    Bjs

  3. >Ari a minha melhor dica é que coma na rua no mercado natalino que acontece na Vörosmarty tér (parte central de Peste) depois dá uma esticada no Café Gerbeaud que fica na própria praça. As barraquinhas tem a comida mais típica e são os lugares mais baratos e onde eu mais gostei de comer.
    Veja esse post https://www.cuecasnacozinha.com/2008/07/budapeste-e-seu-vrsmarty-tr.html

    Não sei se está acostumado ao tipo de comida húngara é preciso ir com calma para ver como seu estômago vai reagir.

    Vou ver se o marido da Odete (comentário abaixo do seu) que é húngaro tem alguma dica especial de onde comer, porque os restaurantes que fui deixaram à desejar.

    Odete tinha esquecido que seu marido é húngaro. Pede pra ele por favor algumas dicas de restaurante para o Ari. Fala pra sua irmã procurar direto na editora porque esse livro ficou meio que fechado na comunidade húngara daqui. É o que eu disse para a ameixa: comer é bom, fazer nem pensar, dá um trabalho do cão.

  4. >Prezados Alessander e Odete, dicas anotadas! muito obrigado pela mobilização de vocês. Na volta eu conto o que vi (e comi!) de interessante por lá.

    Abraço,

    Ari Cesar

  5. >Ok Ari, acompanhe aqui nos comentários porque se a Odete conseguir ainda vai te descolar uns restaurantes legais para comer, ela vai tentar consultar uma pessoa que mora lá. Boa viagem! Abs

  6. >Afff, essa luta com essa banda ninguém merece né?! Tem dias que eu tenho vontade de tacar isso no chão, hahahahaha.
    Adorei a capa do livro, muito bonita.
    Essa receita deve mesmo ser o máximo em sabor, mas foi maldade tua colocar essa última frase. Agora não vou ter coragem de fazê-la.
    Hhahahahahaha!
    Kisss^^

  7. >Axly o livro inteiro contém as calorias de cada receita. Mas nada que duas horas de uma boa caminhada não eliminem.

  8. >Engraçado, chegando do Leste comprei esse livro num sebo aqui no Rio e pensei que ele fosse muito antigo! Abs,

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*