Anacravo doçaria de Beijinhos

Anacravo Home - Anacravo doçaria de Beijinhos

Uma doçaria especializada em Beijinhos, assim nasceu a Anacravo da chef Silvana Oliveira. Tenho pra mim que Beijinhos são doces, a começar pelo nome, e lembram festas de criança. Brigadeiros e Beijinhos dividiram sempre bandejas lado a lado. E como separar a massa branca do cravo? O cravo é o arremate perfeito, o tom que faltava, o sabor que contagia o interior do docinho.

Bom saber que alguém se lembrou dos Beijinhos!

Na Anacravo eles são protagonistas, começando pelo mais tradicional, que teve sua inspiração no doce português Beijo de Freira e chegou ao Brasil pelas mãos das Freiras Clarissas; chamado na doçaria de Beijinho Anacravo. Chegando a Beijinhos dos mais variados sabores, sempre com um toque especial de inovação. Foi assim que eu provei:

Beijinho Surpresa1 1024x843 - Anacravo doçaria de Beijinhos

Beijinho Surpresa: que tem sabor de gengibre na massa e suave geleia de laranja no recheio – uma interessante mescla de sabores. Bem equilibrado, sente-se a massa, o gengibre e a laranja complementando-se em perfeita harmonia. Depois que terminei me veio à mente que combinaria com um café.

Beijinho Croc Croc 1024x715 - Anacravo doçaria de Beijinhos

Beijinho Croc Croc: recheio de ganache de chocolate meio amargo ao rum, envolvido em chocolate ao leite com massa folhada e finalizado com cacau em pó – muito bom, faz Croc Croc mesmo! Chocolate com mais chocolate com mais chocolate só poderia ficar bom. O cacau puxa mais pro amargo, lembrando a trufa. Isso também faz dele uma boa companhia para o café.

Beijinho da Amizade 1000x1024 - Anacravo doçaria de Beijinhos

Beijinho da Amizade: massa de Beijinho com sabor de capuccino, envolvido em confeito de chocolate belga com gosto de café – sobremesa já cafeinada, bem interessante o resultado.

Beijinho do Brasil 1024x932 - Anacravo doçaria de Beijinhos

Beijinho do Brasil: com sabor de cumaru (fava aromática nativa da Amazônia), envolvido em castanha de Baru (proveniente do Cerrado) – uma boa experimentação, talvez para criar uma memória ao paladar que ainda não temos. Nosso paladar é acostumado com a baunilha.

A produção é artesanal e sem conservantes, por isso, os Beijinhos devem ser consumidos até 2 dias após o preparo.

Gostaria de destacar aqui também, o quanto é importante uma empresa artesanal de produto gourmet preocupar-se com a sua comunicação visual que inclui: logomarca, desenvolvimento de embalagens e o cuidado com que esse produto será entregue para o consumidor final. Isso tudo nunca vai compensar o sabor do produto, mas não podemos esquecer que, primeiro, todos nós comemos com os olhos! Sem contar que uma boa embalagem transforma a comida em presente.

Alessander Guerra

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*