>Chá Rooibos, Chá Oolong, Chá Branco, Chá Preto, Chá Verde…

>

The%20Gourmet%20Tea thumb%5B4%5D - >Chá Rooibos, Chá Oolong, Chá Branco, Chá Preto, Chá Verde…Eu conheci o Leandro Toledano da the gourmet tea na última Bio Brazil Fair. Andando entre stands me deparo com um monte de latas coloridas empilhadas que me chamam atenção.

Começamos a conversar e ouço a história de dois amigos, que gostavam de provar chás por onde quer que andassem pelo mundo. Ele e seu sócio Daniel Neuman resolveram transformar o hobby em negócio. A partir daí o trabalho de escolher os chás, os ingredientes e desenvolver os blends durou cerca de um ano e meio.

O resultado 35 tipos de chás diferentes de diversos lugares do mundo. Chás preto, verde, branco, rooibos e oolong são vendidos in natura ou combinados com ervas, flores, frutas e especiarias. Entre eles: Black Raspberry (chá preto com toque de framboesa), White Rose (chá branco com rosas orgânicas), Green Lemon Ginger (chá verde com toque de limão e gengibre), Oolong Phoenix (chá oolong com calêndula) e o Rooibos Bourbon (chá de rooibos, fava de baunilha e aromas naturais – originário de um arbusto da África do Sul, é totalmente descafeinado e pode ser preparado em máquina de espresso).

Agora passo à palavra aos mestres da the gourmet tea para que nos expliquem um pouco sobre cada tipo de chá

Chá Verde
O chá verde nasce de um tipo de secagem e aquecimento específico pelo qual a camellia sinensis passa. Através deste processo, preservam-se importantes princípios ativos da planta, hoje cada vez mais estudados e reconhecidos pela medicina. Devido a sua baixa oxidação (forma de aquecimento), esse tipo de chá tem o teor de cafeína pouco elevado, sabor levemente amargo e único.

Chá Preto
Versão mais difundida e consumida no ocidente desde o século 18, esta é a versão mais oxidada da camellia sinensis (a partir da queima), o que torna negra as suas folhas e cria um sabor bem acentuado. Largamente consumido tanto quente como na versão Iced Tea ao redor do mundo, estes blends não podem faltar na sua coleção: o Earl Grey e outros ousados sabores a serem descobertos!

Chá Branco
O chá branco é puro ritual, desde seu início…
Apenas folhas novas colhidas à mão e gomos selecionados, cobertos por uma fina penugem branca, são usadas…
Este chá, originário da província de Fugian, não passa pelo processo de fermentação, o que resulta em uma rica concentração de tanino e polifenóis.
Seu sabor é associado a uma experiência mais delicada e levemente mais adocicado. Sua coloração é de um amarelo brilhante, quase esbranquiçado.

Rooibos
Bastante apreciado na África do Sul, há gerações, este chá de tonalidade avermelhada vem conquistando paladares em todos os países. Livre de cafeína, é pano de fundo para combinações mais ousadas e criativas.

Oolong
Versão bem tradicional na cultura chinesa, o Oolong é um chá a ser descoberto e apreciado pelo ocidente. Feito a partir de um processo todo particular, suas folhas são apenas brevemente fermentadas, o que produz um sabor mais leve que o preto, mas ainda marcante e com um final adocicado. Também rico em polifenóis e radicais livres.

Alessander Guerra

6 Comentários

  1. >Adorei a embalagem contemporânea que eles criaram para os chás.
    Um toque de modernidade em algo tão milenar.

  2. >Eu amo chá e amei essa loja! Acabei de entrar no site… o problema é que são tantas opções que to na duvida! Quero todos!!!

Envie uma mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CAPTCHA
Refresh

*